Médicos e professores da rede municipal cruzam os braços a partir da próxima segunda feira

0

Profissionais da área da Saúde e da Educação da Prefeitura municipal de João Pessoa, vão paralisar suas atividades na próxima semana.  Médicos e professores reclamam que o prefeito Luciano Cartaxo do (PSD) descumpriu os acordos feitos no ano passado.

Os médicos param suas atividades do dia 14 até o dia 18 de março. Os profissionais reivindicam que a gratificação por desempenho de produção, seja incorporada a aposentadoria que corresponde a 40 % da remuneração dos médicos. Esta paralisação de acordo com o presidente do sindicato dos Médicos da Paraíba, Tarcísio Campos, vai afetar os principais hospitais da grande João Pessoa. Durante a suspensão das atividades, 100 cirurgias e 300 consultas vão ser remarcadas.

Já os professores da rede municipal, também vão parar suas atividades durante 4 dias. Sexta feira (18) vai acontecer uma assembleia para discutir os resultados de uma audiência agendada com o prefeito Luciano Cartaxo. Os educadores reivindicam melhores salários, como também cursos de capacitação de professores.

A paralisação dos professores é nacional e foi convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

Sobre o autor

Comente