CPI da Lagoa gera retaliação aos servidores indicados por parlamentares

0

De acordo com informações extraoficiais, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) começou nesta quinta-feira (10) o processo de retaliação aos vereadores da base governista que assinaram o protocolo que desencadeou a CPI que irá investigar as obras na Lagoa.

Os servidores da Prefeitura que foram indicados pelos parlamentares começaram a ser exonerados de seus cargos com forma de represália. As informações são que um deles seria Ivo, secretário adjunto que seria tio de Felipe Leitão (SD) e que pessoas indicadas por Bruno Farias (PPS) foram ameaçadas de serem exoneradas de seus cargos.

O administrador municipal teria informado durante solenidade que: que “vereador da situação tem que ser da situação, tem que vestir uma camisa só, duas não dá. Se assinaram a CPI, que fiquem por lá”.

Sobre o autor

Comente