Deputado Raniery Paulino cobra posição do PMDB

0

O deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) exigiu na manhã desta quinta-feira (17), uma posição do seu partido em relação à situação política no Brasil, pois, segundo ele, a conjuntura nacional está se tornando insustentável.

“Temos que nos posicionar o mais rápido possível! Eu não fui favorável à aguardar trinta dias para se posicionar, tem que ser agora”, criticou.

Paulino comentou que existe sim uma divisão dentro do PMDB e que não se sente representado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Ele ainda reprovou a popularização do deputado federal Jair Bolsonaro (PP).

“Quem está virando herói nacional é Bolsonaro, para vocês verem como o país está passando por uma crise de identidade”, disse.

O deputado analisou as instituições brasileiras que não têm maisconfiança, pois estão “todas em cheque”. Raniery ainda classificou como vingativa e irresponsável as ações do juiz Sérgio Moro ao divulgar os áudios frutos de um grampo ao ex-presidente Lula (PT).

“Moro tem feito um belo trabalho, mas pisou na bola ao divulgar a fala do presidente, não tem cabimento. Se bem que o governo federal também vacilou ao nomear Lula”, disse.

Paulino incitou a união dos “homens de bem e de bom senso” do Brasil e cobrando uma atitude dos próprios parlamentares para assim, tentar minimizar a crise política e financeira que o país tem enfrentado nos últimos anos.

“Nós que temos responsabilidades e ocupamos cargos públicos temos que buscar apresentar alternativas que arrefeçam os ânimos”, concluiu.

 

 

Sobre o autor

Comente