Ex-prefeito de João Pessoa tem nome citado na lista da Operação Lava Jato

0

Documentos apreendidos pela Polícia Federal relacionam possíveis transferências de valores da empreiteira Odebrecht para mais de 200 políticos de 18 partidos distintos. Entre os políticos citados, dois são paraibanos, o ex-prefeito de João Pessoa e ex-senador da Paraíba Cícero Lucena (PSDB) e o prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB).

Em entrevista nesta quarta-feira (23) Cícero Lucena, desmentiu ter recebido doações da Odebrecht. Em virtude de sua posição de se afastar da vida política, Cícero tem evitado conceder entrevistas, porém abriu exceção, para prestar esclarecimentos à população por ter seu nome citado em listas de supostas doações da empresa.

“Estou incluso na lista de 2012 e 2014. Em 2012 não lembramos de nenhuma doação da Odebrecht, quanto 2014 aumenta mais ainda minha estranhez porque nem candidato eu era. Nem candidato eu era para que me incluíssem em projeto político. Fico muito a vontade para verificarem se  houve alguma emenda minha em favor da empresa e espero ser chamado para os devidos esclarecimentos. Que a verdade seja posta”, disse.

Na lista divulgada pela Operação Lava Jato, consta que Lucena recebeu R$150 mil em 2012 e R$ 350 mil em 2014. Ao ser interrogado sobre o destino do dinheiro, o ex-senador foi direto: “Quem tem que dizer é o pessoal que usou meu nome para receber doação. Vai ser responsabilizado, não tive nenhuma participação e nenhum contato com a Odebrecht”, afirmou.

Em relação a 2012, Cícero ainda  reservado concluiu : “Como o partido me ajudou, não sei se foi via partido [a doação], mas não lembro de doação da Odebrecht”.

 

Sobre o autor

Comente