Campanha de vacinação contra a gripe causada pelo vírus H1N1 começou nesta segunda-feira no município de Patos

0

Iniciou nesta segunda-feira (11) a vacinação contra o vírus H1N1 para os servidores da Saúde e gestantes. A antecipação da campanha aconteceu devido aos 16 casos suspeitos em todo o Estado, sendo dois deles no município de Patos, seis em João Pessoa e um em Campina Grande.

De acordo com Socorro Guedes, coordenadora de Imunização do Município e da 6ª Gerência Regional de Saúde, comunicou que as gestantes de Patos poderão tomar as doses da vacina nos postos de saúde que estão em funcionamento mesmo com a paralisação e nas sedes da Secretaria Municipal de Saúde e da 6ª Gerência Regional de Saúde. Os PSFs que estão em funcionamento nesta segunda-feira (11) são: a Aderban Martins, no Jardim Queiroz; a Maria Marques, no Jatobá e a Ministro Ernane Satyro, nas Sete Casas.

Ainda de acordo com informações passadas por Socorro, os servidores da saúde que deverão tomar a vacina previamente são os que estão inteiramente ligados com serviços de atendimento de urgência e emergência e nas unidades básicas de saúde. “A previsão para os servidores que trabalham em clínicas e consultórios particulares é juntamente com os demais grupos de risco, ou seja, a partir do dia 30”, explicou.

De acordo com a Gerência de Saúde cerca de mil e 700 profissionais devem ser vacinados. A doses aplicadas são consideradas trivalentes, ou seja, previnem contra os vírus H1N1, H3N2 e o tipo B.

As vacinas disponíveis para os servidores da saúde estão sendo aplicadas na Maternidade Peregrino Filho, para os servidores que são funcionários da Maternidade; no Gerência Regional de Saúde para os servidores do Hospital Regional de Patos e do Hospital Infantil Noaldo Leite; no  Hospital São Francisco, para quem trabalha naquela unidade e a partir desta terça-feira (12) será cedido um posto de vacina no Frei Damião para os servidores desta unidade.

A 6ª Gerência explicou que receberam previamente 13 mil doses, este número representa 24% do que está previsto para chegar à Paraíba. Estima-se que 57 mil pessoas sejam vacinadas em 24 municípios com a remessa recebida. A data esperada para o Dia D da campanha de vacinação contra o H1N1 é dia 30 deste mês.

Há uma previsão para mais uma remessa de doses no dia 18, para assim reabastecer as unidades de vacinação. Também têm direito a tomar vacina contra o H1N1 crianças maiores de seis meses e menores de quatro anos, idosos acima de 60 anos, doentes crônicos, indígenas e jovens de 12 a 21 anos sob medida socioeducativa.

Além da vacinação é necessário que a população se previna afim, de evitar o contágio da gripe. O simples ato de lavar sempre as mãos, evitar transitar em locais com uma considerável concentração de pessoas, cobrir a boca com o braço ao tossir ou espirrar, utilizar álcool gel nas mãos e, caso julgue necessário, utilizar máscara de proteção, são medidas simples de higiene, mas, que fazem toda a diferença no que diz respeito a prevenção.

 

 

Sobre o autor

Comente