Aliados querem destituição de Picciani e posse de Hugo, mas vice-presidente não quer disputa

0

Segundo o portal Diário do Poder na coluna do jornalista Cláudio Humberto desta terça-feira (19), aliados do vice-presidente Michel Temer cobram a destituição do líder da bancada do PMDB na Câmara, deputado Leonardo Picciani (RJ), que afrontou a decisão da bancada para votar contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Os parlamentares sustentam que o Picciani “não é confiável”. Ele foi reconduzido à liderança do partido em fevereiro, com apoio do Planalto, derrotando Hugo Motta (PB). Hugo votou a favor da abertura do processo de impeachment da presidente Dilma.

Logo após a aprovação do impeachment, Leonardo Quintão (PMDB-MG), rival de Picciani, fez questão de visitar Michel Temer no Jaburu. Leonardo Picciani virou líder do PMDB pelas mãos do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, com quem rompeu para se aliar a Dilma. Temer pediu cautela aos deputados do PMDB: o momento é de “ciscar para dentro” e evitar disputas internas desnecessárias no PMDB.

Fonte/PBagora 

Sobre o autor

Comente