Confusão generalizada leva Vereador, jogadores, e presidente do Atlético à Delegacia durante festa em Cajazeiras

0

Muitas versões sobre o que aconteceu durante a madrugada deste domingo (05), no interior do Campestre Clube de Cajazeiras, aonde chegou a envolver o Vereador, Arlyson Lira (Negrinho do Mondrian), o presidente do Atlético, Arley Lira, vários jogadores do clube, e outras pessoas, incluindo até um homossexual, identificado por Wildemir Moraes Torres, de 25 anos, conhecido por “TIM).

As versões do episódio que surgem até nas redes sociais apontam que um jogador do Atlético estava desconfortado com conversas que sugiram que ele estaria com envolvimento com esse homossexual, conhecido por “TIM”, cuja informações já teriam sido objeto de reunião do Clube com o Atleta.

Diante ocorrido, teria havido discussão, em seguia uma briga generalizada que envolveu jogadores, o presidente do Atlético, Arley Lira, o próprio Vereador, Negrinho do Mondrian, com várias pessoas, e até mesmo o jovem, Wildemir Moraes Torres, de 25 anos, conhecido por “TIM”, cujo resultado foi pessoas feridas a golpes de garrafas, e copos quebrados durante um evento no Campestre Clube. Todos foram levados à Delegacia para esclarecimentos.

Em sua página pessoal do FACEBOOK, o Vereador, Negrinho do Mondrian, escreveu sua versão sobre o assunto que diz o seguinte:

”Venho por meio desta, esclarecer alguns fatos que ocorreram na madrugada de hoje (05/02), nas dependências do Clube Campestre desta cidade. Gostaria de começar falando que realmente aconteceu, estava com minha família, esposa, irmão e cunhada para curtirmos a festa. Durante a mencionada festa alguns jogadores vieram nos cumprimentar e ficamos conversando sobre diversos assuntos, quando em dado momento, um rapaz que tem por apelido TIM, criou um princípio de tumulto com os jogadores, nesse momento algumas pessoas conseguiram afastar este rapaz; depois ele voltou e começou a confusão com empurra empurra, nessa hora fui tirar meu irmão HARLEY LIRA que era o mínimo que eu poderia fazer naquele momento, pois já estava sangrando de uma “copada” que tinha sofrido no rosto. Daí chegaram alguns seguranças e policiais e acalmaram os ânimos! Logo após, esse mesmo rapaz (TIM), pela terceira vez, retornou pro mesmo lugar, e a partir daí que começou uma confusão generalizada onde apareceram mais pessoas que não estavam no meio, que foi onde apareceu uma mulher por conhecida como “LILA” e seu esposo, que pelo o contrário não apartaram briga nenhuma! Eles, na verdade, começaram a agredir os jogadores, e nesse momento garrafas iam e vinham no Clube Campestre. Mais uma vez a polícia militar chegou e tudo acabou! Pelo relato, é clara a constatação de que, em nenhum momento causei qualquer tipo de confusão ou tumulto, pois não é do meu feitio e personalidade, tendo, apenas, tentado apartar a confusão e acalmar os ânimos e, ainda, assim, sai ferido com lesões leves no meu rosto. Ainda, necessário esclarecer e deixar bem claro que não sou homofóbico, nunca vi essa tal de TIM na vida e contra ele ou qualquer pessoa tenho sentimento de discriminação. Ao contrário, tenho vários amigos homossexuais e de todos os gêneros e com todos sempre os tratei por igual, com respeito, quem me conhece sabe! Tenho certeza, também, que se fosse o “Neguinho de Boqueirão” e não “Neguinho do Mondrian” isso não estaria assim. Estão querendo manchar minha imagem. Peço desculpas a todos os amigos e aos que me conhecem pelo fato em que me envolveram! Não julguem, para não serem julgados. Nunca fui de briga e muito menos de está em porta de Delegacia por algo parecido! Tenho consciência de que nada fiz contra ninguém! Por fim, informo que através de minha assessoria jurídica, estou já adotando todas as medidas judiciais cabíveis ao caso, para que tudo seja esclarecido”.

O caso vem chamando atenção do Município de Cajazeiras pelo fato do Vereador, Negrinho do Modrian ter sido acusado pelo “TIM” de homofobia, por ser ele, gay.

A outra versão, desta feita, postada por Lila Melo, também envolvida neste episódio, escreveu na sua rede social, a seguinte informação:

”Não sei por onde começar bem saímos de casa na intenção de nos divertir família e alguns amigos muitas pessoa falam que área vip e a melhor por isso ou aquilo então fomos todos satisfeitos quando por um ato de homofobia os JOGADORES DO ATLETICO juntamente com o VEREADOR NEGUINHO DO MODRIAN E SEU IRMÃO ARLEY agrediram violentamente meu amigo Tim (Willdemi) nossa nunca vi uma cena daquelas eram muitos homens batendo nele e eu junto com outras pessoas fomos aparta dai então o VEREADOR NEGUINHO DO MODRIAN começou a nós agredir com garrafa de vidro bateu uma em minha cabeça na hora cai tive que levantar e correr pois ele iria continuar a me agredir fomos pra delegacia prestar queixa.

O que leva uma pessoa fazer isso já sai de casa nessa intenção?! E vereador e jogador e empresário como citou Arley podem fazer isso?! Temos vídeos temos fotos vamos continuar na justiça. Com pouco tempo chegou Ângelo Lima na delegacia esperamos ele vim tirar fotos como todas desgracas da cidade ele faz é quer saber pra ele a notícia não existia estava lá todo sorridente com os jogadores do time Pq?! E dinheiro e poder ou o que?! Até agora estamos tentando entender vc tirou fotos dos jogadores nas celas da delegacia ou da agressão que houve contra mim?! Os jogadores vinheram para somar na nossa cidade e tem um gesto de homofobia o que é isso?! Até onde vamos?! Estou indignada parabenizo o polícia Militar junto com a civil pelo trabalho prestado”

O Caso está agora na Delegacia da Cidade de Cajazeiras, aonde será investigado. As redes sociais estão bombando com esse assunto, principalmente na Cidade de Cajazeiras.

Sobre o autor

Comente