Odebrecht pagou treinamento empresarial para filho de Lula

0

A Odebrecht teria pagado um orientador de carreira para ajudar o filho caçula do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Luís Cláudio, a aprimorar técnicas de gestão. O objetivo seria erguer a empresa Touchdown Promoções e Eventos Esportivos, que organizava um campeonato de futebol americano.

As informações foram divulgadas pelo jornal Folha de S.Paulo, em reportagem veiculada neste domingo (19/2), e, segundo o periódico, constam da delação premiada da empresa, que ainda está sob sigilo. O Instituto Lula disse que não comentaria o caso.

De acordo com a Folha, a história foi relatada pelo ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht Alexandrino Alencar. Lula foi quem pediu para que a Odebrecht bancasse o “coaching”. O evento foi promovido por Luís Cláudio entre 2012 e 2015 e reuniu aproximadamente 20 times de futebol americano.

Alexandrino seria a principal pessoa na empresa responsável por atender demandas ligadas ao ex-presidente. Outro episódio relatado pelo delator seria a reforma do sítio de Atibaia frequentado pela família Lula.

O ex-diretor também citou, como favores da empresa ao petista, a construção do estádio do Corinthians – descrita como um “presente” para o ex-presidente – e a compra de um terreno para ser a nova sede do Instituto Lula.

Fonte: Com informações da Folha de S.Paulo

Créditos: Metrópoles

Sobre o autor

Comente