CRIME AMBIENTAL: Derrubada de várias árvores revolta moradores de São Gonçalo

0

Os moradores do perímetro irrigado de São Gonçalo foram surpreendidos com máquinas pesadas e homens nesta segunda feira na praça central,o motivo não era nada convencional,mais injustificadamente promover a derrubada de diversas árvores de decadas.

 

O fato causou revolta, nas redes sociais centenas de pessoas repudiaram a atitude e cobram punição. A prefeitura de Sousa ainda não se pronunciou oficialmente sobre o episódio, porém informações dão conta que o ato foi feito sem o conhecimento da curadoria do meio ambiente do ministério público,e sem um estudo ambiental aprovado pelos órgãos competentes.

Um morador de São Gonçalo,o Advogado e funcionário público federal, o Sr. Valderedo Alves desabafou numa rede social “Oitenta anos jogados ao chão,muito mais que crime ambiental, é um desrespeito as memórias dos filhos de São Gonçalo”  e ainda completou que irá denunciar às autoridades competentes.

A administração Fábio Tyrone se esqueceu que para derrubar qualquer árvore tem que pedir uma licença e explicar o porquê; ainda terá que esperar um técnico para avaliar a derrubada e pode ter certeza, pois terá que repor as árvores derrubadas. A gestão cometeu um crime ambiental que fere a lei 9.605/1988 que implica em multa e reclusão.

Sobre o autor

Comente