Cássio Cunha Lima afirma que transposição não tem pai

0

Em entrevista prestada ao programa “Correio Debate”, apresentado por Abrantes Júnior e Jakson Queiroga na Max-Correio o Senador Cássio Cunha Lima afirmou que a obra da transposição do rio São Francisco não tem pai ou mentor. Segundo o Senador a obra é um sonho secular e citou nomes importantes na luta por uma obra de tamanha envergadura, com: Dom Pedro II, Itamar Franco que deu o pontapé inicial no projeto, Fernando Henrique Cardoso que deu continuidade à elaboração do Projeto, o Ex-Senador Marcondes Gadelha que tanto lutou o Presidente Lula que foi o responsável pela maior parte das obras, Ronaldo Cunha Lima, entre outros.

O Senador ainda falando sobre a transposição, afirmou que chorou quando viu as águas correndo pelo túnel e canais em Monteiro e lembrou a luta de seu pai, Ronaldo Cunha Lima, citando um poema da autoria do Poeta-Governador e que a continuidade das obras do eixo leste está garantida.

Sobre a reforma da Previdência, Cássio falou que a previdência está quebrada e merece reformas, mas devem ser bem estudadas e debatidas.

Cássio afirmou que a construção da terceira via da BR 230 entre Cabedelo e João Pessoa está garantida, além da duplicação entre Campina Grande e Praça do “meio do mundo” e garantiu a luta em prol da duplicação total da BR 230.

Seguindo a entrevista, Cássio prometeu lutar por benefícios em prol da Paraíba, em termos de melhorias para a população tais como: abastecimento d’água, irrigação, pavimentação, saúde, cidadania, emprego e renda, alfinetando e citando as falhas do atual Governo do Estado.

Cássio, no final da entrevista lamentou a política implantada pelo atual Governador, que segundo ele, é uma política de perseguição, de arrogância e ultrapassada.  Continuando, afirmou que continuará a liderar a oposição, apresentando uma alternativa mais viável para o estado e que no momento não seria viável falar em 2018, relembrando várias obras do seu governo e de obras e projetos que havia garantido a execução e por motivos alheios a sua vontade não teve tempo para executá-las por completo, mas garantiu recursos para o atual governador concluí-las.

Sobre o autor

Comente