Vereadora Lucinha desperta do “coma” político e descobre que Dinaldinho é o prefeito

0

Ela despertou após 12 anos em “coma” político. Durante todo esse tempo Lucinha ficou com seus sentidos neutralizado, tinha ouvido, porém sua audição não funcionava, tinha boca, porém não falava, o tato, nem se quer tocando, ela sentia o que se passava ao redor. E a visão? Também não conseguia ver o que se passava ao redor. Enquanto Patos vivenciava os maiores problemas na gestão de Chica Motta, Lucinha simplesmente estava em “COMA POLÍTICO INDUZIDO”.

O DESPERTAR

Dia dois de outubro de 2016, Lucinha desperta do profundo coma e acorda com o grito: QUEM OUSA ME DESPERTAR DO MEU COMA POLÍTICO E TIRAR DE MIM A PAZ? OUVIU-SE O GRITO DE EDSON LÁ DA PADARIA. “BORA LUCINHA, O PREFEITO AGORA É DINALDINHO”. E LUCINHA DESPERTOU.

O que leva Lucinha a bater tanto na gestão de Dinaldinho? Habilidosa, inteligente e muito carismática, Lucinha reúne característica de uma política profissional, porém, se acostumou ser governo e viver as mordomias do poder, junto com ela seus familiares. Lucinha já emplacou os filhos como secretários e por mais de uma década foi vidraça e hoje se tornou pedra. Não é comum para quem se calou durante anos sem enxergar os problemas em Patos e hoje distribui pancadas na gestão que não chegou aos 100 dias.

O inconformismo é o que alimenta esse NOVO JEITO de se posicionar. A pergunta chave é: Lucinha bate pra ser lembrada após anos em coma? Ou bate pra ter seus “problemas” solucionados?

Blog do Fuxico

Sobre o autor

Comente