Compartilhe

MPF investiga repasses insuficientes para a manutenção do SUS em Patos

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou inquérito civil para apurar situação de repasses financeiros para a área da Saúde em Patos, no Sertão da Paraíba .

A portaria foi publicada no diário eletrônico do MPF desta segunda-feira (14).

Segundo a portaria, já havia um procedimento preparatório sobre o tema, instaurado a partir de relatórios de pagamentos encaminhados pela Secretaria Municipal de Saúde do  Município de Patos, prestando informações sobre a situação dos repasses de verbas federais  para a saúde do município, uma vez que os valores lançados pelo Fundo Nacional de Saúde/Ministério da Saúde seriam insuficientes para as necessidades do município.

A secretaria informou nesses relatórios também que o valor repassado seria inferior ao montante pago mensalmente nos blocos, o que tornaria impossível o cumprimento do financiamento do SUS.
 

« Voltar

Saúde

Patos lidera número de casos de covid-19 na Paraíba nas últimas 24 horas

Política

Sincericídio: candidato a prefeito no sertão diz que tem ‘poder para fazer o que quer’ e compara oposição ao ‘priquito de uma gi

Política

“Nada de tapetão” diz defesa de Cícero Lucena após Justiça negar pedido de impugnação protocolado por Wallber

Política

DESTAQUE NACIONAL: Ricardo Coutinho aparece em segundo lugar em índice de rejeição entre candidatos a prefeito

Política

Justiça Eleitoral defere registro de candidatura de Cícero e ainda condena adversário a pagar multa por litigância de má-fé

Política

Bolsonaro diz que anunciará seus candidatos duas semanas antes das eleições municipais

Política

Eleições 2020 têm mais de 2 mil candidatos listados como líderes religiosos

Entretenimento

Cantora Vanusa tem alta da UTI e segue para a enfermaria