Compartilhe

A culpa é do Estado: Prefeito de Patos apresenta documento que pediu afastamento do Hospital com suspensão de vencimentos


Sobre um dos assuntos mais comentados onde o prefeito de Patos,  no Sertão paraibano, Ivanes Lacerda teria recebido salário enquanto servidor concursado do Estado, como médico, onde isso não poderia acontecer, pois o mesmo sendo prefeito não pode exercer outra função de acordo com a lei.

"Não pratiquei nenhum ato ilícito. Ao assumir o cargo de prefeito, protocolizei um requerimento à Secretaria de Estado da Saúde, solicitando o meu afastamento temporário das funções de médico do Hospital Regional de Patos, com suspensão dos vencimentos por fazer opção pelo subsídio de prefeito", enfatizou.

Ivanes Lacerda publicou o anexo como prova de sua assunção, a ata de eleição e posse pela Câmara Municipal de Patos.

"É necessário informar que cumpria minha carga horária, e ainda fazia muitos plantões extras, e estes são pagos no mês seguintes", destacou.

Segundo o gestor o Estado paga antes do  final do mês  os vencimentos do mês ainda em curso e  mais os plantões extras do mês anterior.

No final de setembro o Estado deveria suspender meus vencimentos, pagando apenas os plantões realizados em agosto.

Em outubro,  não havendo mais plantões realizados a serem pagos e com vencimentos suspensos, nenhum pagamento  seria devido.

"Ocorre, que o Estado a partir de outubro não pagou plantões, mas continuou a pagar os vencimentos", afirmou.

Na oportunidade o gestor esclareceu que só foi tomar conhecimento do erro do Estado no dia 5 de fevereiro do ano em curso, quando iniciou providências para sanar a irregularidade.

« Voltar

Saúde

Em diálogo com a Secretaria de saúde, Dr. Érico confirma vinda de equipamentos para o Hospital Regional de Patos

Entretenimento

Em meio uma CRISE DE PANDEMIA o PB CAP (antigo BILHETÃO) usa de má fé com clientes e poderá responder pelo CRIME DE ESTELIONATO

Política

Em entrevista: Prefeito de São José de Piranhas pede serenidade, sabedoria e oração ao povo sertanejo nesse momento de pandemia

Política

ISOLAMENTO SOCIAL OBRIGATÓRIO: Em nota, Governo da Paraíba e MP’s autorizam polícia a fechar estabelecimentos

Saúde

São José de Piranhas divulga locais de vacinação contra gripe para pessoas acima de 60 anos

Política

Prefeito Chico Mendes usa redes sociais para falar sobre ações contra o coronavírus

Política

João Azevêdo suspende expediente presencial nas repartições públicas estaduais a partir desta segunda

Política

Governador apela para que paraibanos fiquem em casa para prevenir Coronavírus