Compartilhe

Bolsonaro revoga artigo de MP que previa 4 meses sem salário para trabalhador

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou na tarde desta segunda-feira (23) no Twitter que ordenou a retirada do artigo da Medida Provisória (MP) que previa a suspensão de quatro meses de salário do trabalhador durante a pandemia de coronavírus.

Desde a publicação na noite de ontem (22) da MP 927, que determina a flexibilização das regras trabalhistas durante a pandemia de coronavírus, o artigo que indicava a possibilidade dos empregadores dispensarem do trabalho os funcionários por quatro meses, sem o pagamento de salários, vinha sendo criticado.

Segundo o texto da MP publicada ontem, o trabalhador poderia fazer um acordo com o patrão e estaria livre para fazer cursos de qualificação durante a suspensão do trabalho.

O patrão poderia pagar uma “ajuda compensatória mensal” que não teria relação com o salário, cujo valor também seria acordado individualmente entre patrão e empregado, mas esse pagamento não era obrigatório.

A MP, que já começou a valer, mas precisa ser aprovada pelo Congresso para se tornar lei e não perder a validade, não definia nenhuma ajuda que seria praticada pelo governo.

Além de suspender os contratos de trabalho, a MP também permite outros modelos de trabalho, como home office, antecipação de férias individuais e uso do banco de horas.

O recolhimento do FGTS também fica suspenso nos meses de março e abril.

 

Fonte: Uol

« Voltar

Política

Opinião: A dupla traição a João de Dr. Damião

Política

Cícero Lucena promove encontro descontraido com jovens em pleno Centro Histórico de João Pessoa

Política

Prefeitura anuncia Obra para reforma de matadouro público de quase meio milhão em São José de Piranhas

Política

Cícero Lucena visita bairros e debate sobre Saúde com população em João Pessoa

Política

Delegado deputado diz em debate que a corrupção tem ser praticada e não falada

Política

Coordenador do Gaeco/MPF da Paraíba lança livro sobre 'Lei Ficha Limpa'

Saúde

Sexo em espaços abertos, a nova recomendação para combater o coronavírus

Política

Eu poderia estar roubando, mas estou aqui trabalhando, entenda o porquê