Compartilhe

Câmara de Patos: Edjane presta conta das ações da secretaria e dar uma carreira no Vereador Góia

 

Sempre ouvi o dito popular que , “fulano de tal está cutucando a onça com vara curta”. 

 

Durante uma semana acompanhei o esbravejamento do Vereador Góia da cidade de Patos, voz que pouco soou durante a metade do seu mandato. Na tribuna e nas redes sociais ouvi e li declarações do Parlamentar que mostrava-se revoltado e indignado, dizendo naquele momento que seu mandato era do povo e que seu papel era fiscalizar. Góia, na tribuna passou a questionar e colocar sobre suspeita as ações da Secretaria de Ação Social , hoje comandada pela vereadora licenciada, Edjane Araújo. 

 

Como um caçador feroz em busca de sua presa, Góia atacava Edjane sem ao menos lhe dar o direito de ouvi-la , digo isso porque em nenhum momento esteve na secretaria para conhecer e saber sobre o funcionamento dos programas daquela pasta.

 

Na tribuna, ele pediu que Edjane fosse convocada para apresentar a ele e aos demais vereadores uma prestação de conta sobre aquela secretaria.

O LÍder do governo, Vereador Diogo Medeiros, tentou amenizar as palavras inflamadas e raivosas de Góia, afirmando que não era necessário uma convocação e apenas um convite, garantindo a presença da Secretária. 

 

Convidada, na última quinta feira Edjane esteve naquele Poder Legislativo para atender o convite do Líder do Governo e a “convocação” de Góia. 

 

Munida de documentos e com direito até um telão para detalhar todos os atos feito dentro de sua pasta , Edjane fez questão de tratar sobre cada programa , informando dados, números e resultados. Especificou sobre o aluguel social, assunto levado por Góia e levantado como suspeito. Aproximadamente 42 duas famílias são beneficiadas algo além e surreal produzido pela mente fértil do Vereador na tribuna e em suas redes sociais.

 

Falando em Góia, que era o mais interessado pelo assunto, não esteve presente para ouvir e ter as respostas que queria da própria Edjane naquela noite, aliás, nem se quer justificou sua ausência. O Vereador realmente cutucou a onça com a vara curta e se escondeu para não ser devorado com as verdades que lhe constrangeria pela falta  de informação e amadurecimento político. 

 

Presença de Edjane e ausência de Góia foi uma verdadeira carreira danada com direito ao que mamãe dizia quando éramos criança “ você se entupa”.

« Voltar

Política

Zé Aldemir atende população e implanta oficialmente a Zona Azul no centro de Cajazeiras

Política

Inscrições do concurso da Prefeitura de Cajazeiras foram prorrogadas para 14 de Abril e as provas ocorrem em 09 de Junho

Entretenimento

Secretário anuncia eventos e homenagens a Íracles Pires durante este ano em Cajazeiras