Compartilhe

Vai ficar preso: Ministro manda fazer exame pra saber como tá o juízo de Dr.Bosco


O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), manteve a prisão do prefeito da cidade de Uiraúna, no Sertão paraibano, Bosco Nonato Fernandes.


Bosco foi preso em dezembro do ano passado na Operação Pés de Barro e com isso dizem que o gestor está sentindo o peso grande de passar os seus dias na prisão.

A defesa de Bosco entrou com pedido de reversão da prisão para recolhimento domiciliar em virtude do quadro depressivo que apresenta o político.

Em sua decisão, Gilmar Mendes determinou a realização de exame psiquiátrico, a ser efetuado por médico especializado, de modo a apurar os problemas de saúde alegados e a possibilidade de tratamento no presídio.

“Indefiro, com base no art. 312 do CPP, o pedido de revogação das prisões preventivas. b) determino a realização de exame psiquiátrico, a ser efetuado por médico especializado, de modo a apurar os problemas de saúde alegados e a possibilidade de tratamento no presídio.

A  Operação ‘Pés de Barro’ desvendou o desvio de mais de um milhão de reais em propina na execução de obras no Sertão do Estado.

Equipes da Polícia Federal flagraram João Bosco Nonato Fernandes transportando R$ 25 mil na cueca.


 

« Voltar

Entretenimento

Com 24 anos de tradição, Bonito Folia é sucesso na abertura do carnaval 2020 do Alto Sertão

Política

Zé Aldemir criou dois fantasmas para manter viva ASSESSORA ESPECIAL na política

Política

Pré-candidato a prefeito de Patos reafirma compromisso com a população e destaca emendas de mais de 2 milhões de reais

Policial

Desembargador Leandro concede liminar declarando ilegal qualquer paralisação das políciais

Política

Chico Mendes entrega simbolicamente kit escolar e fardamento para crianças em São José de Piranhas

Política

Com um Padre em seu governo: Pecado de Zé Aldemir vira SEGREDO DE CONFISSÃO

Política

Chico Mendes inaugura dois Postos referência em saúde na zona rural de São José de Piranhas

Política

Dr. Érico discute abertura de Centro de comercialização calçadista e expansão do Distrito Industrial de Patos