Compartilhe

Governo realiza obras de esgotamento sanitário em São José de Piranhas e Coremas


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente (Seirhma), está realizando obras de esgotamento sanitário nos municípios de Coremas e São José de Piranhas. A ação é executada com recursos da ordem de R$ 12,4 milhões, oriundos de parceria com o governo federal, beneficiando mais de 35 mil habitantes dos dois municípios.

A obra de esgotamento sanitário de São José de Piranhas consiste na construção da rede coletora de esgotos, com 11.200 metros, quatro lagoas de tratamento e estação elevatória. Os trabalhos tiveram início em primeiro de agosto de 2020 e a previsão de conclusão é setembro de 2021, com investimento de R$ 5.782.012,77. Serão beneficiados 20.053 habitantes do município.

Para o secretário de Estado da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, a obra elimina a utilização de fossas na cidade, que acarreta a poluição do lençol freático e, consequentemente, ao meio ambiente. “Também é de fundamental importância por ser o município de São José de Piranhas, porta de entrada do Eixo Norte da transposição de águas do Rio São Francisco”, ressaltou Deusdete.

Em Coremas, a obra tem extensão de 12 mil metros de rede adutora, três lagoas de tratamento e uma estação elevatória. Iniciada em janeiro de 2019, com previsão de conclusão em dezembro de 2021, a obra representa investimentos de R$ 6.672.000,00 e vai beneficiar 15.418 habitantes do município.

De acordo com o secretário, o Governo da Paraíba está investindo um valor significativo de recursos em obras de esgotamento sanitário em todo o Estado. “Pela Secretaria de Infraestrutura estão sendo construídos os sistemas de esgotamento em nove cidades do Cariri, quatro cidades do Sertão, duas iniciadas e duas em fase de desapropriação para iniciar. E a Cagepa também está realizando obras em mais oito cidades do Cariri”, ressaltou o secretário.

O objetivo é melhorar o percentual de cobertura do serviço para a população paraibana. Como avaliou Deusdete Queiroga, “a cidade de João Pessoa está entre as capitais com melhor percentual de cobertura de esgotamento sanitário (80 por cento) e Campina Grande está com cobertura acima de 95%. O Governo mantém o foco nas cidades do interior, visando elevar o atendimento e com isso melhorar a assistência a população no tocante à saúde pública, bem como a questão do meio ambiente”.


Radar Sertanejo 

« Voltar

Política

CIDADES Duas novas passagens molhadas estão em fase de conclusão na zona rural de São José de Piranhas

Política

Prefeitura de São José de Piranhas inicia obras da praça do distrito de Piranhas Velha, com pista de caminhada e Academia da

Política

Anibal recebe apoio do Pastor Isaac Venerando, filho do Pastor Presidente das Assembleias de Deus na Paraíba

Política

Opinião: A dupla traição a João de Dr. Damião

Política

Cícero Lucena promove encontro descontraido com jovens em pleno Centro Histórico de João Pessoa

Política

Prefeitura anuncia Obra para reforma de matadouro público de quase meio milhão em São José de Piranhas

Política

Cícero Lucena visita bairros e debate sobre Saúde com população em João Pessoa

Política

Delegado deputado diz em debate que a corrupção tem ser praticada e não falada