Compartilhe

Morre, aos 77 anos, o jornalista Paulo Henrique Amorim

O jornalista Paulo Henrique Amorim morreu na madrugada desta quarta-feira (10) aos 77 anos. Ele estava em casa, no Rio de Janeiro, quando sofreu um infarto fulminante. A informação confirmada pela esposa dele, Geórgia Pinheiro. Amorim também deixa uma filha.

Paulo Henrique Amorim estava na Record TV desde 2003 e deixa um legado para o jornalismo brasileiro, uma vez que passou por diversos jornais, revistas e emissoras de televisão do país. O jornalista estreou no jornal A noite, em 1961. Depois foi trabalhar em Nova York, como correspondente internacional da revista Realidade e, posteriormente, da revista Veja.

Na televisão, passou pela extinta TV Manchete e pela TV Globo, também como correspondente internacional.

Em 1996, foi para a TV Bandeirantes, onde apresentou o Jornal da Band. Depois, foi para a TV Cultura. Em 2003, foi contratado pela TV Record, onde apresentou o Jornal da Record. Ajudou a criar a revista eletrônica Tudo a Ver na emissora. Depois, assumiu a apresentação do Domingo Espetacular, onde ficou até junho deste ano.

« Voltar

Política

Nabor já traiu Sales, e agora usa vereadores da base para ter a cabeça de Sales em sua mesa

Política

Em reunião com Conselho Municipal de Saúde, prefeito garante pagamento do PMAQ

Política

SUCESSÃO MUNICIPAL: Em Patos, dois pré-candidatos governistas podem disputar o apoio do Palácio da Redenção em 2020