Compartilhe

Morre, aos 77 anos, o jornalista Paulo Henrique Amorim

O jornalista Paulo Henrique Amorim morreu na madrugada desta quarta-feira (10) aos 77 anos. Ele estava em casa, no Rio de Janeiro, quando sofreu um infarto fulminante. A informação confirmada pela esposa dele, Geórgia Pinheiro. Amorim também deixa uma filha.

Paulo Henrique Amorim estava na Record TV desde 2003 e deixa um legado para o jornalismo brasileiro, uma vez que passou por diversos jornais, revistas e emissoras de televisão do país. O jornalista estreou no jornal A noite, em 1961. Depois foi trabalhar em Nova York, como correspondente internacional da revista Realidade e, posteriormente, da revista Veja.

Na televisão, passou pela extinta TV Manchete e pela TV Globo, também como correspondente internacional.

Em 1996, foi para a TV Bandeirantes, onde apresentou o Jornal da Band. Depois, foi para a TV Cultura. Em 2003, foi contratado pela TV Record, onde apresentou o Jornal da Record. Ajudou a criar a revista eletrônica Tudo a Ver na emissora. Depois, assumiu a apresentação do Domingo Espetacular, onde ficou até junho deste ano.

« Voltar

Política

Deputado da Paraíba estaria a serviço do GABINETE DO ÓDIO para espalhar fake news contra o governo de João Azevedo

Social

Deputado que é contra o isolamento social e quer o povo nas ruas, vive isolado em condomínio de luxo

Política

Kaique Lourenço confirma candidatura a vereador e comandará Cidadania Jovem em Cajazeiras

Saúde

Em diálogo com a Secretaria de saúde, Dr. Érico confirma vinda de equipamentos para o Hospital Regional de Patos

Entretenimento

Em meio uma CRISE DE PANDEMIA o PB CAP (antigo BILHETÃO) usa de má fé com clientes e poderá responder pelo CRIME DE ESTELIONATO

Política

Em entrevista: Prefeito de São José de Piranhas pede serenidade, sabedoria e oração ao povo sertanejo nesse momento de pandemia

Política

ISOLAMENTO SOCIAL OBRIGATÓRIO: Em nota, Governo da Paraíba e MP’s autorizam polícia a fechar estabelecimentos

Saúde

São José de Piranhas divulga locais de vacinação contra gripe para pessoas acima de 60 anos