Compartilhe

Pergunte a Sales, não a mim!

Vez por outra sou pego por algumas pessoas comentando sobre a vida de Sales após deixar o cargo de prefeito e perder a presidência da câmara municipal de Patos ao perceber sua melhor qualidade de vida, mantendo-se com a vida bem melhor do que era antes.  Quem acompanha Sales pode observar que assim que renunciou ao cargo de prefeito, e para isso, ele teve que abrir mão da presidência da câmara que financeiramente lhe rendia o dobro do seu salário além da forte influência política e mesmo com essa decisão, Sales se mostrou adaptável a uma nova vida e com novos hábitos.

Se acredito em milagres? Claro, que sim! Hoje ganhando bem menos e longe dos holofotes quando estava prefeito, Sales viaja, participa de eventos gospel, se tornou um ciclista assíduo e há quem diga que o mesmo já possui dois empreendimentos em Patos no ramo de alimentos e comunicação visual.  Cheguei à conclusão que tudo é muito melhor do que ser prefeito de Patos, só não entendo porque muitos querem.

 

« Voltar

Policial

NOMEAÇÃO: Bolsonaro define novo superintendente da Polícia Federal e equipe na Paraíba

Política

João Azevêdo anuncia abertura de mais 30 leitos de UTI na Grande João Pessoa, Campina Grande e Sertão

Política

Estado paga servidores nesta quinta e sexta

Política

‘Live’: João Azevêdo volta a defender isolamento e pede apoio da população

Política

Barroso assume TSE e cobra atenção a ‘milícias digitais’ nas eleições

Política

Recursos de emendas do Senador Veneziano(PSB) chegam a 90% dos municípios paraibanos, só para saúde foram R$ 32,8 milhões

Política

“Meu pai foi cremado na HORA DA MISERICÓRDIA” escreve Dinaldinho em seu twitter

Política

“Dinaldo será cremado e após passar a pandemia família realizará o sepultamento “diz Dinaldinho via twitter