Compartilhe

QUEBRADO? Bilhetão volta as atividades na Paraíba entregando premiação com cheque pré-datado a ganhador

Certificado de contribuição Bilhetão Solidário sorteia prêmios em uma semana, e faz o pagamento somente em cheque para duas semanas após o sorteio. Será que é pra dar tempo apurar o valor? Se antes não era assim, por que será agora? Será que voltou quebrado, após a saída dos sócios investidores?

Após ser fechado pelo ministério público federal, ficou por 2 meses sem exercer suas atividades conseguindo seu retorno concedido através de uma Liminar ( concedida na 5* região da Justiça federal em Recife-PE), liberando o sorteio por 30 dias o BILHETÃO manteve por duas semana com o mesmo bilhete na rua realizando o sorteio no domingo dia 21 de outubro de 2018 deixando assim os clientes e vendedores de antena ligada, já que o natural é sorteio semanalmente e entregue os prêmios na semana sequente.

O fato estranho aconteceu na cidade de Alagoa Nova, o Contemplado da rodada da sorte recebeu um cheque da caixa econômica no valor de R$500,00 e só poderá receber na próxima semana, ou seja, premiações como baixo valor sempre são pagos de imediatos e não com cheque pré-datados. A desconfiança é que a empresa está em crise financeira e não está conseguindo manter o ritmo de pagamentos dos ganhadores no prazo imediato. Com essa suposta crise financeira fomos informados por fontes que vendedores e colaboradores diretos se auto demitiram pela falta de segurança e estabilidade da empresa.

Uma debandada de vendedores e colaboradores diretos, se auto demitiram está semana e foram bater nas portas das concorrências.

Está não é a primeira vez que essa empresa é manchete de jornal e vira caso de polícia, o Bilhetão segue realizando seus sorteios, mas a cada dia que passa aumenta o descrédito e a desconfiança dos apostadores, fornecedores e agora dos vendedores e funcionários.

O Bilhetão que tinha 25 regionais espalhadas na Paraíba, conseguiu reativar 14. As demais não quiseram retornar com as atividades com receio de a qualquer momento uma nova representação judicial surja e leve mais uma vez ao fechamento de uma regional levando assim os parceiros ao prejuízo.

O ganhador do giro da sorte da cidade de Alagoa Nova, Francisco G Cabral , ganhou R$ 500,00 ( Quinhentos Reais) ficou todo alegre, só que na hora de receber, a tristeza voltou, recebeu um cheque pre-datado. Se o Bilhetão não tem 500 conto pra pagar um ganhador e precisa dar um cheque-pré enquanto arrecada o dinheiro das vendas e no sorteio de um carro como ficaria? O ganhador terá que esperar 1 ANOS pra receber o prêmio?

« Voltar

Política

Agricultor sertanejo ganha no Paraíba de Prêmios um CAMARO no valor de R$ 315 MIL REAIS

Política

MPF pede sequestro de bens de ex-prefeito adquiridos em nome de familiares e namoradas, na PB

Economia

Boletos em atraso podem ser pagos em qualquer banco a partir desta segunda (12)