Compartilhe

Tomou DORIL? GÓIA SUMIU!

O vereador patoense, popularmente conhecido como Góia, é o verdadeiro retrato do político patoense. Aparece quando é oportuno e some quando lhe é conveniente.  Eu já tinha dito várias vezes no rádio e nas minhas redes sociais que tudo que Góia queria era mais uma vez ser lembrado, lembrado não pelos seus atos, mas por ser detentor de um mandato que é de interesse do executivo.  Foi muito promiscuo para Góia que está em seu primeiro mandato usar em benefício pessoal o mandato dado pelo povo.

Eram vídeos, postagens, falácias na tribuna e até um colete mandou fazer para usar quando ele fosse fazer uma fiscalização de uma obra pública. As falácias sempre foram com prazo de validade e funcionava de acordo com a caneta do prefeito a seu favor, não foi em um passado tão distante, que víamos as inúmeras lives do vereador denunciando as irregularidades quando Sales estava prefeito, o cancão piava, com a chegada de Ivanes tudo mudou, mais uma vez e com as nomeações indicadas por ele no governo de Ivanes, se tornou mais uma vez o “mudinho” e deixando de lado o “doido” que incorporava todas as vezes que perdia espaço no governo. 

 

 

 

 

 

« Voltar

Política

Fantástico revelou que Dr.Bosco meteu a mão em mais de MEIO MILHÃO junto com Wilson Santiago que embolsou 1 MILHÃO em propina

Política

Vereadora de Patos acusa prefeito Ivanes de espalhar áudios insinuando que Dinaldinho recebia propina de empresa do lixo

Política

Uiraúna:Leninha precisa se desintoxicar do grupo de Bosco e se distanciar dos lobos ao seu lado

Política

O delator sumiu! A quem interessa a morte de Daniel Gomes? Ricardo Coutinho mandaria matar?

Política

Presidente da Câmara Municipal de Patos estaria sendo investigada por suposto mensalinho a vereadores aliados

Política

Sales Junior teria recebido 800 Mil de propina de empresa do lixo quando era prefeito, ele nega a denúncia e vai processar autor

Política

A CALVÁRIO chegou até Hugo e Nabor, o que vem por aí é sombrio para os dois

Política

Pergunte a Sales, não a mim!